| | |

O desenvolvedor de Days Gone, Studio Bend, nega as declarações do diretor.

O Studio Bend divulgou sua própria declaração após os comentários contundentes de seu ex-diretor criativo sobre Days Gone aos revisores. John Garvin Ele não conseguiu esquecer o projeto do jogo e a injustiça que recebeu, e ainda gera polêmica de vez em quando.

John Garvin, é o diretor criativo de Days Gone e ex-membro da equipe de desenvolvimento do Studio Bend. Onde foi forçado a deixar o estúdio devido às fracas vendas do jogo, segundo o que a Sony alegou anteriormente. Baldin, o diretor, saiu em mais de uma ocasião com declarações confirmando o sucesso do jogo e que a Sony se esquece completamente de anunciar os resultados positivos do jogo ao público.

Alguns dias atrás, ele voltou Garvin Para falar sobre o jogo e culpar os críticos que deram notas baixas e assim impediram o desenvolvimento de uma sequência. Seguindo essas declarações, o Studio Bend piano Em que disse que está longe das recentes declarações do diretor e não tem nada a ver com ele, e continuou:

Estamos cientes dos comentários recentes de nosso diretor criativo sobre revisores e classificações de jogos. Nós nos excluímos dessas declarações e nossa equipe está muito orgulhosa do que o Days Bygone conseguiu.

Olhando para o futuro, agradecemos à comunidade do jogo por seu apoio contínuo.

No mesmo contexto, uma petição exigindo uma segunda parte dos jogadores atingiu inesperadamente 200.000 assinaturas. Essa reclamação surgiu em solidariedade ao diretor e uma tentativa dos fãs do jogo de comunicar sua voz à Sony, mas não houve resposta.

O jogo foi lançado em 2019 eDiz-se que vendeu milhões de cópias, mas a Sony ainda obteve resultados medíocres, especialmente após as críticas negativas ao jogo. Você acha que o futuro pode ter uma sequência e talvez o anúncio de uma nova parte? Compartilhe conosco abaixo na seção de comentários.

Similar Posts