| | |

Não cancelamos nenhum jogo no PlayStation

Publicidade

A Microsoft não demorou a responder às notícias do cancelamento da versão PS5 de Redfall. Onde ela disse que não cancelou o trabalho em nenhum jogo para a plataforma PlayStation.

Vale ressaltar que o jogo Redfall seria lançado no PS5, segundo o diretor da Arkane Studio, responsável pelo desenvolvimento do jogo. Onde foi dito que a cópia foi cancelada após um período de trabalho sem aviso prévio devido à aquisição do estúdio e de sua controladora pela Microsoft.

Publicidade

Parece que a resposta da Microsoft veio sem demora, como disse através de um relatório transmitido pela Eurogamer:

Na verdade, o detentor da plataforma acredita que realmente expandiu nossa pegada de jogos que lançamos no PlayStation da Sony desde a aquisição da ZeniMax, e os dois primeiros jogos que lançamos após o bloqueio foram exclusivos do PlayStation 5.

Aqui, é claro, ele se refere a Deathloop e Ghostwire: Tokyo, já que o relatório continua discutindo como a Microsoft não cancelou nenhum jogo Bethesda pré-existente no PS5 e PS4 desde a aquisição da Bethesda, e as atualizações de conteúdo continuam chegando para PS5 e PS4.

Isso é uma resposta a Harvey Smith, diretor criativo do Arkane Studio, alegando que uma versão PS5 de Redfall estava em desenvolvimento um ano antes de a Microsoft comprar a empresa. Foi revelado no início desta semana que, após a compra da Bethesda pela Microsoft, a empresa veio e disse: “Sem PS5”, porque está se concentrando nas versões Xbox, PC e Game Pass.

No entanto, quando a Microsoft se refere a expandir sua pegada de jogos, parece fazer muito sentido. A Sony tinha acordos de exclusividade com a Bethesda antes de ser comprada pela Microsoft, então Deathloop e Ghostwire: Tokyo acabariam sendo exclusivos do PlayStation. Do ponto de vista da Microsoft, seu acordo para comprar a Bethesda não tem nada a ver com isso.

Publicidade

Similar Posts