Activision Blizzard
| | |

Gamers estão processando a Microsoft para impedir a aquisição da Activision Blizzard

Publicidade

A aquisição da editora Activision Blizzard por US$ 69 bilhões pela Microsoft ainda está sob investigação da Autoridade Reguladora de Concorrência e Mercados (CMA) do Reino Unido. Onde este último se recusou a aceitar o argumento da Microsoft sobre a aquisição.

A empresa também enfrenta o dilema da decisão da Federal Trade Commission (FTC) de abrir um processo contra a Microsoft, pois afirmou que está tentando impedir o negócio de US$ 68,7 bilhões porque tem certeza de que suprimirá concorrentes em favor de seu Xbox. plataforma e seu serviço Game Pass mensal, juntamente com seu serviço de jogos em nuvem. Este último respondeu que estava pronto para apresentar seu caso no tribunal e lutar por ele.

Publicidade

Com todos esses problemas e obstáculos no caminho para concluir o negócio, a Microsoft enfrenta atualmente novas ações legais de 10 jogadores, a fim de impedir sua fusão com a desenvolvedora da famosa série de atiradores Call of Duty, a gigante editora Activision Blizzard. Onde foi relatado que esses jogadores também sentem o prejuízo que esse negócio gera uma espécie de prejuízo a favor de uma empresa em detrimento da concorrência, conforme noticiado pela BBC.

Publicidade

De qualquer forma, é relatado que a Microsoft ofereceu no mês passado à Sony um contrato completo de 10 anos para garantir a sobrevivência de novos e futuros jogos Call of Duty em suas plataformas, mas a Sony ainda não aceitou a oferta. No entanto, um acordo semelhante foi fechado com a Nintendo e a Valve, com o qual eles concordaram rapidamente.

Similar Posts