Activision Microsoft
| | |

A Microsoft está se preparando para ceder para obter a aprovação da UE para o acordo com a Activision

A aquisição da gigante editora Activision pela Microsoft, que deve fechar em meados do ano que vem, começou a lançar uma sombra sobre os jogadores, já que o futuro da série Call of Duty se tornou desconhecido até o momento.

Os órgãos reguladores ainda estão examinando de perto o acordo de fusão da Microsoft Activision que custou ao proprietário do Xbox quase US $ 70 bilhões, liderado pelo regulador britânico CMA e pela União Europeia, já que a Microsoft obteve apenas a aprovação da Arábia Saudita e do Brasil entre os 16 reguladores que trabalham nisso. Revisão do negócio.

Os reguladores estão preocupados com a possibilidade de que este acordo afete a concorrência, e aqui especificamente o maior concorrente, a Sony, privando-a da série Call of Duty ou controlando seu destino de uma forma que afete a concorrência justa devido à popularidade do jogo de tiro. .

Segundo a agência noticiosa Reuters, a Microsoft prepara-se para fazer maiores concessões aos reguladores europeus de forma a obter a sua aprovação para fechar o negócio de aquisição. Ainda não é certo quais são essas concessões, mas pode incluir a obtenção de garantias para a continuação de Call of Duty. no PlayStation por 10 anos. Como a empresa informou anteriormente. Um porta-voz da Microsoft disse à Reuters:

A Sony, como líder do setor, diz estar preocupada com Call of Duty, mas dissemos que estamos comprometidos em disponibilizar o mesmo jogo no mesmo dia no Xbox e no PlayStation.

Queremos que as pessoas tenham mais acesso aos jogos, não menos.

Espera-se que testemunhemos o fim deste negócio com sucesso ou fracasso em meados de 2003, quando se espera obter todas as aprovações de todos os órgãos reguladores.

Similar Posts